AGENDA

8º FÓRUM MUNDIAL DA ÁGUA

voltar para o site

AGENDA

8º FÓRUM MUNDIAL DA ÁGUA

voltar para o site

Sessão 2.c.3 -Comunicação de riscos relacionados à qualidade da água para consumo humano: busca do empoderamento da população e minimização dos riscos à saúde

Quinta DAS 9:00 ÀS 10:30

TEMAS

FINANCIAMENTO

LOCAL

Sala 23

DESCRIÇÃO

[OS-TP-21] 

A promoção do diálogo incorpora as necessidades da comunidade no processo de elaboração de políticas. É essencial integrar a população no gerenciamento de risco e em políticas de saúde pública por meio de uma relação de confiança. A vigilância rotineira, principalmente por meio do monitoramento da água potável, gera informações que podem se tornar públicas, propiciando o engajamento e empoderamento da comunidade, principalmente de jovens, que podem ser agentes para melhorar as práticas relacionadas à água, saneamento e higiene. Essas práticas contribuem para mudanças de comportamentos individuais e coletivos. Assim, esta sessão debaterá a importância do empoderamento e a necessidade de transparência nas ações governamentais e não governamentais, contribuindo para a saúde pública e para a efetividade de políticas relacionadas.

MEMBROS DO GRUPO DE COORDENAÇÃO DA SESSÃO

"Oswaldo Cruz Foundation - Fiocruz (Brazil)Brazilian Ministry of Health (Brazil)
UNEP – Caribbean Environment Programme UN Environment (Jamaica)
WaterAid
European Environment and Health Youth Coalition

 

PARTICIPANTES DA SESSÃO

● Guilherme Franco Netto - Fiocruz

● Daniela Buosi - Ministério da Saúde

● Jovana Dodos - European Enviromental Health Youth Coalition

● Sena Alouka

● Christopher Corbin

● Renato Ferreira

● Savia Dumont

● Juliana Rulli - Fiocruz

● Gabriela Lobato - Fiocruz