AGENDA

8º FÓRUM MUNDIAL DA ÁGUA

voltar para o site

AGENDA

8º FÓRUM MUNDIAL DA ÁGUA

voltar para o site

O dilema da Construção-Operação-Transferência (BOT) na Região Árabe, o que torna a operação do setor privado otimizada e econômica em PPPs - Parceria Público-Privada

Terça DAS 9:00 ÀS 10:30

TEMAS

FINANCIAMENTO

LOCAL

Sala 9

DESCRIÇÃO

[OS-RP-42] 

Por anos, vários mangues sofreram degradação humana e natural. Consequentemente, eventos extremos, bem como a perda de serviços ecossistêmicos e da biodiversidade aumentaram a conscientização e o engajamento dos países em projetos para proteger os manguezais.

Esse tema é particularmente relevante na Região Árabe, onde os países passaram por instabilidade devido a sérias degradações ambientais. Esta poderia se tornar uma oportunidade inesquecível. Os mangues poderiam fornecer um duplo investimento de dividendos para o desenvolvimento sustentável.

Esta sessão debaterá como transformar os mangues em um tampão para eventos climáticos extremos, tais como inundações, prováveis de aumentarem com as mudanças climáticas -, ao mesmo tempo que se preserva a biodiversidade e os serviços ecossistêmicos durante reconstruções e reabilitações. Como colocar os mangues no centro dos esforços de recuperação ecologicamente corretos em países que passaram por conflitos nos últimos cinco anos? Quais parcerias inovadoras no âmbito do ODS-17 poderiam dar apoio aos países para deixar os mangues resilientes a conflitos internos e a pressões externas, como as mudanças climáticas?